D. Luís I (1861-1889)


D. Luís I de Portugal (nome completo: Luís Filipe Maria Fernando Pedro de Alcântara António Miguel Rafael Gabriel Gonzaga Xavier Francisco de Assis João Augusto Júlio Valfando de Saxe-Coburgo-Gotha e Bragança), (Lisboa, 31 de Outubro de 1838Cascais, 19 de Outubro de 1889) foi o segundo filho da rainha D. Maria II e do rei D. Fernando II. Luís herdou o trono depois da morte do seu irmão mais velho, D. Pedro V em 1861. Ficou conhecido como O Popular, devido à adoração pelo seu povo; Eça de Queirós chamou-lhe O Bom.




1867-12-15 - Selo D. Luís I - 25 Reis - sobrecarga Açores, denteado.
Carta obtiterada em Angra do Heroísmo com destino Lisboa, carimbo 48


1869 - Carimbo  da Câmara Municipal de
Angra do Heroísmo
Durante a crise monetária de 1869, para que a moeda da época não voltasse para Lisboa, foram
carimbadas pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, com a Cruz de Cristo e dois Açores, tudo
dentro de um círculo de 12 mm.

" A moeda de cobre que girava nas ilhas com valor igual ao recebido no continente desapareceu toda em breve tempo, sendo exportada para Lisboa com lucros da diferença da moeda forte que representava."

In: Pecunia Insulana, pág. 67, de Francisco Ernesto Oliveira Martins




1887 - Carimbos GP Coroados

Por Lei de 31 de Março de 1887, no reinado de D. Luís I, para obstar à inundação de moedas estrangeiras de prata e cobre que inundavam os Açores, e que tinham curso legal, foi proíbida a circulação dessa moeda, sobretudo em prata, para os distritos de Angra do Heroísmo e de Ponta Delgada por forma a evitar-se o agravamento da situação monetária.

Todas as moedas em circulação deveriam ser puncionadas, nos 30 dias após a publicação da lei, com um carimbo G.P. (Governo Português) Coroado.




1888 - Carta circulada de Ponta delgada, via Lisboa,
com Destino à Alemanha
1890 - Carta circulada de Lagens (Flores) com destino a
New Bedford (USA)




1893 - Carta circulada entre
Santa Cruz das Flores -> 9-MAIO-1893 -> Lisboa -> 23-MAI-1893
Selo de 50 Reis, não denteado, D. Luís I